Adolescente de 15 anos acusado de agredir professor em Navegantes afirma que apenas se defendeu

Um adolescente de 15 anos envolvido em uma briga com um professor na escola municipal Maria Ivone procurou a redação do portal Abre Olho Notícias para esclarecer sua versão dos fatos. Segundo o estudante, ele não agrediu o professor, mas agiu em legítima defesa. Ele relatou que chegou atrasado na escola, mas foi autorizado pela diretora a entrar e foi levado por ela até a sala de aula. Ao chegar, o professor, que supostamente já o perseguia, teria agido de forma agressiva com a diretora. O adolescente, ao presenciar a cena, tentou defender a diretora, momento em que afirma ter sido agredido e agarrado pelo pescoço pelo professor. Ele reagiu apenas para se defender, segundo seu relato.

O jovem também mencionou que este não foi o primeiro incidente envolvendo o mesmo professor, sugerindo um histórico de confusões. Em contato com a Secretaria de Educação de Navegantes, a secretária informou que uma sindicância foi aberta para apurar o caso e que o professor foi afastado da escola enquanto as investigações estão em andamento. Ela acrescentou que, até o momento, não havia recebido nenhuma denúncia anterior de brigas ou confusões envolvendo o professor em questão.