O caso de feminicídio em Balneário Camboriú segue ainda sem solução, já se passa 22 horas e Paulo Carvalho de Souza segue ameaçando suicídio caso alguém entre dentro do apartamento e já confirmou que assassinou a advogada Lucimara Stasiak.

Familiares já estão no local esperando para que o caso se resolva e o corpo de Lucimara possa ser levado para Blumenau e seja cremado. Lucimara completou 30 anos um dia antes de ser assassinada pelo seu companheiro. Natural de Curitiba, se formou na Furb e tinha sonho de ser juíza.

OAB de Santa  Catarina  emitiu uma nota de pesar, a  OAB/SC vem a público manifestar profundo pesar e repúdio com o assassinato da advogada Lucimara Stasiak de 29 anos. Lucimara era muito engajada nas ações institucionais da classe. As investigações do crime apontam para um possível feminicídio. A seccional decretou luto oficial de três dias.

Advogados da subseção de Balneário Camboriú estão no local participando das negociações, a entidade ofereceu suporte da Caixa de Assistência dos Advogados para o funeral.

Comentários